Esta é uma doença extremamente incomodativa e por vezes até dolorosa, que afecta com mais incidência as crianças mas também os adultos. Eu, que passei por isso em adulta (numa altura de grande stress no trabalho), sei bem o que custa, acima de tudo a comer (não conseguia comer sólidos)!! Por isso tenham muita paciência com os vossos filhos, principalmente nos casos em que as aftas vão também para a garganta.

Uma estomatite aftosa (sapinhos) resulta de uma multiplicação anormal de um fungo (Candida albicans) por se encontrar num meio acido (que é o ambiente ideal para a sua proliferação). Esse ambiente ácido, resulta de um excesso de produção de ácido no estômago (produzido para fazer a digestão da comida) e que depois sai pelo piloro (válvula que fecha a parte de cima do estômago), passando para a traqueia e chegando à boca (sensação de azia e refluxo).

No caso dos bebés a contaminação pode ser também externa através da chupeta. Daí ser muito importante continuar a lavar bem as chuchas e troca-las de tempos a tempos (2 a 3 meses no máximo).

Por isso ao mínimo sintoma de aftas, deve-se logo tratar, e quando aparecem logo 3 (principalmente na língua) é de suspeitar desta doença.

Como tratamento há o Daktarin gel oral e o Mycostatin. Eu pessoalmente gosto mais do Mycostatin pois é mais eficaz e tem um anestésico local mais eficaz.

É muito importante saber fazer o tratamento: colocar a dose indicada na boca e bochechar durante uns segundos, em seguida engolir!! Nas crianças que não sabem bochechar coloquem o gel directamente sobre as aftas e deixem que elas engulam progressivamente. Este tratamento repete-se geralmente 4x por dia, de preferencia antes das refeições, para que se aproveite o efeito anestésico para comer.

Em casos mais complicados, como o meu em que as aftas já estavam na garganta, pode-se tomar o ulcermin carteiras, que neutraliza o ácido do estômago, fazendo com que o "ambiente" já não seja propicio ao desenvolvimento do fungo.

As aftas demoram cerca de uma semana a tratar, mas vão melhorando progressivamente. Para aftas isoladas, o Elugel faz milagres, mas nestes casos não chega.

As melhoras lá de casa!

Para estar sempre a par da Farmácia dos Amigos siga-nos no Facebook e faça Like Aqui

4 Responses so far.

  1. Anónimo says:

    Fiz o uso do daktarin no meu bebe de 11 meses foi super eficaz. Ja no primeiro dia houve melhoras.

  2. gestante pode usar esse daktarin ou mycostatin?

  3. Que post tão apropriado!!! O mês passado na escola da minha filha houve casos de estomatite aftosa. O pediatra dela chamou-lhe CockieSackie e receitou-lhe Ulcermin. Dei-lhe e quando os vestigios da lingua e corpo passaram deixei de dar. O facto é que nunca mais voltou a comer comocomia. Recusa-se a comer sólidos e ao jantar só consigo que coma fruta. Ontem, na consulta de rotina dos 15 meses, o pediatra disse que ainda tinha vestigios na garganta e que não havia nada a fazer se não esperar. Como mãe esperar e não fazer nada é tão angustiante...

  4. Quanto tempo o sapinho é curado

Leave a Reply