Esta foi uma experiência pela qual eu passei com a minha filha. Tentei desde as 3 semanas por-lhe chucha e 1º era muito grande e ela não a conseguia manter na boca. Passado pouco tempo ela chuchava 3x e cuspia-a logo a seguir!! Um drama!! Comprei-lhe varias marcas diferentes até que cheguei à Nuk, que ela agarrou 3 ou 4 dias, eu fiquei cheia de esperanças.... Mas logo a seguir voltou a cuspi-la!
Depois tentei pôr aero-om na chucha... Ela lambia-o e deitava-a fora. Chorava mais quando eu a tentava manter na boca dela... Enfim... Para uma mãe de 1ª viagem não era fácil!

Quando eu aprendi a lidar com o choro dela, a perceber que ela acalmava quando a balançava deitada nas minhas pernas ou quando sentia o cheiro do leite no meu peito, ela começou a chuchar no dedo!!! Aiiii! Isso é que não! - pensei eu. Só me lembrava de uma colega de colégio que ainda chuchava no dedo com 16 anos!!

Entretanto fui à consulta na pediatra. Falei disto e ela sugeriu para lhe tapar a mão , tipo luva, com uma meia dela, sempre que a visse a chuchar no dedo. Como já estava por tudo experimentei!

Depois de 15 min da 1ª vez ela deixou de roer a meia... Ia-lhe tirando quando via que estava distraída... Fiz-lhe isto durante 1 semana e ela desistiu! Mesmo!

Desde os 3 meses até agora aos 19 meses que nunca mais chuchou no dedo! Rói os brinquedos e os anéis de dentição quando está aflita dos dentes, chega mesmo a meter as mãos todas na boca, mas NUNCA MAIS CHUCHOU NO DEDO!!!

Por isso experimentem, o dedo não se consegue "tirar" como a chucha e deforma imenso o palato, o que traz complicações serias na dentição! Tentar só vai ajudar... Só custa a carinha triste que eles fazem! ;)

Leave a Reply